Como usar @Async com Spring Boot

Postado em por Wolmir Cezer Garbin em Java | 305 Visualizações
Última atualização em:

Neste post vou mostrar como configurar seu projeto para utilizar métodos assíncronos além de explicar o funcionamento destes métodos.

Todo mundo tem algo para vender, AnuncieOn.com o melhor site de anúncios grátis de todo o Brasil. ABRIR

Para entender é importante entender o conceito de threads.

Podemos dizer que Thread é um pequeno programa que trabalha como um subsistema em um processamento paralelo, sendo uma forma de dividir um processo em duas ou mais tarefas.

Tendo este entendimento, podemos passar a falar do @Async com Spring Boot.


Para que usar @Async

Para entender, vamos usar um exemplo de um envio de e-mail.

Quando você faz uma requisição para o servidor, este deve fazer o processamento programado e posteriormente retornar o resultado.

No caso de um envio de e-mail, pode levar alguns segundos até que o e-mail seja devidamente enviado. Então, se após prepararmos os dados, criarmos uma nova thread para fazer este envio, teremos uma resposta muito mais rápida.

Para este caso usamos o @Async.



Usando @Async com Spring Boot

Vamos ao exemplo.

Considere uma aplicação em Spring Boot com o seguinte xml:

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<project xmlns="http://maven.apache.org/POM/4.0.0" xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance"
	xsi:schemaLocation="http://maven.apache.org/POM/4.0.0 http://maven.apache.org/xsd/maven-4.0.0.xsd">
	<modelVersion>4.0.0</modelVersion>

	<groupId>br.com.garbosoftware</groupId>
	<artifactId>news</artifactId>
	<version>0.0.1-SNAPSHOT</version>
	<packaging>jar</packaging>

	<name>news</name>
	<description>Demo project for Spring Boot</description>

	<parent>
		<groupId>org.springframework.boot</groupId>
		<artifactId>spring-boot-starter-parent</artifactId>
		<version>2.0.6.RELEASE</version>
		<relativePath/> <!-- lookup parent from repository -->
	</parent>

	<properties>
		<project.build.sourceEncoding>UTF-8</project.build.sourceEncoding>
		<project.reporting.outputEncoding>UTF-8</project.reporting.outputEncoding>
		<java.version>1.8</java.version>
	</properties>

	<dependencies>
		<dependency>
			<groupId>org.springframework.boot</groupId>
			<artifactId>spring-boot-starter-web</artifactId>
		</dependency>
	</dependencies>

	<build>
		<plugins>
			<plugin>
				<groupId>org.springframework.boot</groupId>
				<artifactId>spring-boot-maven-plugin</artifactId>
			</plugin>
		</plugins>
	</build>

</project>

Na classe principal, é necessário anotar com @EnableAsync para habilitar métodos assincronos (Anotados com @Async).

import org.springframework.boot.SpringApplication;
import org.springframework.boot.autoconfigure.SpringBootApplication;
import org.springframework.scheduling.annotation.EnableAsync;

@SpringBootApplication
@EnableAsync
public class NewsApplication {

	public static void main(String[] args) {
		SpringApplication.run(NewsApplication.class, args);
	}
}

Agora nossa aplicação já está pronta para utilizar métodos assincronos. Seguindo no exemplo de envio de email teremos as seguintes classes:

import org.springframework.beans.factory.annotation.Autowired;
import org.springframework.web.bind.annotation.*;


@RestController
public class EnviarController {

    @Autowired private MeuService meuService;

    @PostMapping("enviar")
    public String enviar() {
	System.out.println("Antes.");
        meuService.enviar();
	System.out.println("Depois.");
        return "ok";
    }
}

Note que ao chamar o método enviar() do serviço, não esperamos seu retorno.

Agora veja o service:

MeuService.java
public interface MeuService {

    void enviar();

}
MeuServiceImpl.java
@Service
public class MeuServiceImpl implements MeuService {

    @Override
    @Async
    public void enviar() {
        // [...] 
	System.out.println("Ação a ser executada de forma assincrona");
    }
}

Agora ao chamar o controller, teremos uma resposta rápida e um processo que será continuado de forma assincrona.

Não esqueca de deixar suas dúvidas nos comentários e compartilhar este post.


Wolmir Cezer Garbin

Wolmir Cezer Garbin


Sou formado em Desenvolvimento de Sistemas para Internet pela faculdade Mater Dei e Pós graduado em Desenvolvimento de sistemas em Java pela UTFPR. Trabalho a mais de 9 anos com desenvolvimento em Java, Android e Web utilizando as principais tecnologias do mercado. Atuo como professor na faculdade Mater Dei, programador na Garbo Software e criador do Receitas de Código.

Ver mais

FIQUE POR DENTRO

Receba as novidades todo mês em seu e-mail!

Apoiadores


Publique seu post no Receitas de Código

Agora você pode publicar seu post no Receitas de Código e compartilhar seu conhecimento com muitas pessoas!

Quero publicar